Um resumo sobre…AIDS

Há 28 anos, o mundo começava a temer a AIDS.

Previna-se. A AIDS mata!

Previna-se. A AIDS mata!

No dia 28 de Agosto de 1981, o Centro de Controle de Doenças dos EUA publicou o primeiro artigo chamando a atenção pro crescimento acelerado do índice de pessoas com um novo vírus, que inicialmente acreditava-se que atingia apenas homossexuais.
Inicialmente foi largamente ignorada pela sociedade americana, até que, com as proporções da epidemia sempre crescentes, apareceram os primeiros casos em tóxico dependentes e de transfusão de sangue em 1982.

De onde surgiu a AIDS?

A Aids surgiu na atual Republica Democrática do Congo. Acredita-se que o vírus HIV vivia dentro dos macacos e apesar de ser mutável, não fazia mal aos animais. Pesquisadores usaram uma amostra de sangue de uma portadora morta nos anos 60 pra fazer uma triagem do vírus e descobriram que ele já circulava entre macacos há mais de cem anos e pode ter passado para os humanos por conta do costume congolês de comer carne de macaco. O vírus se espalhou pelo Congo e foi levado para o Haiti junto com pessoas que foram pra lá trabalhar. As pesquisas indicaram que é possível que uma única pessoa chegou aos EUA com o vírus e o espalhou por toda a América. A partir daí, ele se manifestou mais entre homossexuais e no início dos anos 80, começou a preocupar o mundo.

Transmissão

A Aids é transmitida através de contato sexual, pelo sangue e da mãe para o filho durante o parto ou, mais raramente, durante a gravidez.

Prevenção

A melhor forma de se prevenir contra a Aids é usando preservativo na relação sexual, já que essa é a forma mais comum de transmissão. Em caso de tomar vacinas ou doar sangue, exija que as seringas e agulhas sejam descartáveis e de preferência que sejam abertas na sua presença. Caso a mãe esteja grávida e seja portadora do vírus, é extremamente recomendável que converse com o médico. Existe tratamento para que o feto não seja infectado.

Sintomas

O vírus ataca os glóbulos brancos, fazendo com que o corpo fique com a imunidade muito baixa. A Aids não mata, mas abre caminho para que outras doenças mais simples levem o paciente ao óbito. As mais comuns são pneumonia e gripe, duas doenças que em um ser humano saudável são fáceis de tratar.

Tratamento

Não existe cura para a Aids, mas o vírus pode ser controlado através de um coquetel, que no Brasil é distribuído gratuitamente. Mas não se engane. O coquetel antiaids é fortíssimo e tem muitos efeitos colaterais, dentre eles náusea, diarréia e até falência do fígado.

É muito importante que o vírus seja detectado no início. Assim, quanto mais cedo começar o tratamento, melhores são as chances de uma vida normal.

Cura?

Ao que parece, a cura da Aids está longe de ser encontrada. Isso acontece porque o vírus é altamente mutável. Um paciente foi curado na Alemanha por uma série de fatores. Ele sofria de Leucemia e os médicos encontraram um doador de medula óssea que tinha uma mutação no seu DNA que o defendia do vírus. Com o transplante, o paciente foi curado. Mas esse é um caso único. A verdade é que as pesquisas hoje em dia trabalham no sentido de parar com a transmissão e não pra encontrar a cura.

Números da Aids pelo mundo

Estima-se que mais de 15 000 pessoas sejam infectadas por dia em todo o mundo (dados de 1999); 33 milhões estão atualmente infectadas, e 3 milhões morrem a cada ano. A esmagadora maioria dos casos ocorre na África. Regiões em risco com alto crescimento de novas infecções são a o leste da Europa , a Índia e o Sudeste Asiático. No Brasil vivem mais que 650 000 (320 000 – 1 100 000) pessoas de idade entre 15 e 49 anos com o HIV (estimativa da Organização Mundial da Saúde, UNAIDS). A taxa de infecção de consumidores de heroína ronda os 80% em muitas cidades européias e americanas.

Vítimas famosas da Aids

Renato Russo, Freddy Mercury, Cazuza e Lauro Corona morreram de Aids. Aliás, a partir da morte de Freddy Mercury o mundo passou a se preocupar de verdade com a doença. E a partir da infecção de Magic Johnson, famoso jogador de basquete, o povo passou a ver que não só homossexuais contraiam a doença.

Banalização da doença

Com o crescente aumento dos coquetéis antiaids, os jovens do mundo inteiro passaram a ter a ilusão de que a Aids é uma doença facilmente controlada. Existem nos EUA festas em que um soropositivo é pago para se infiltrar no meio dos participantes. Todos sabem que alguém ali é aidético e todos fazem sexo sem camisinha. O participante que pegar o aidético é considerado o vencedor da brincadeira.

Há também uma crescente comercialização de comprimidos que conseguem matar a Aids em caso de medicação até 24 horas depois do contágio. É proibido vender esses remédios, mas muitos médicos prescrevem mesmo assim para pessoas que fizeram sexo sem camisinha e ficaram com medo do contágio. Claro que o valor é altíssimo. Esses medicamentos devem ser tomados diariamente por 6 meses, para que não haja risco de contração da doença. Os efeitos colaterais variam de uma simples náusea até a depressão.

No Brasil os casos de Aids aumentam ano a ano. Nos anos 80, era uma mulher aidética para cada 20 homens. Hoje, os índices se igualaram. A maioria dos casos é de maridos que pegam o vírus na rua e levam para dentro de casa.

Por isso, TODOS que possuem uma vida sexualmente ativa DEVEM fazer exames de Aids a cada seis meses, pelo menos. Aids não é brincadeira. Poucos minutos de descuido podem fazer com que você se arrependa pro resto da vida.

26 Respostas

  1. Interessante?
    Eu precisava de um blog nessa tônica, gostei.
    Sempre que der estarei aqui..

    Parabéns.

    http://www.nos4.wordpress.com
    http://www.alto–falante.blogspot.com

  2. gostei muito.

  3. adorei tive que grava todo esse texto para apresenta-lo foi otimo consigui grava mais rapido do que imaginava por esse motivo gostei do texto sobre AIDS (previna-se)

  4. eu goste de saber o que é aids

  5. acho muito in teresante saber porque para orienta mas as pessoas

  6. Gostei muito,de me enformar sobre o assunto até mesmo pra orientar outras pessoas!!!!

  7. lega tem varias coisas que eu nao sabia esse site me ajudou muito walleu

  8. vemos q apesar de ter essa doenca nao poderiamos dezister pois na vida tudo tem um proposito …

  9. tudo tem seu motivo nois pensamos assim temos q encontrar uma saida.porcausa desse sofrimento q passamos nao percebemos q a saida esta mais proxima pois tudo q estamos vivendo foi deus q permitiu e se n fosse por ele nada q tem nada esse mundo existiria pois mesmo na doenca temos q ter um motivo pra sorrir apesar q estamos sofrendo …pense nisso tudo tem o seu tempo determinado por deus velew por ler meu comentario

  10. poxa esse conteudo e de mais explica tudo valeu mesmo me ajudo muito bjs

  11. eu queria o resumo da hiv

  12. eu tenho so 11 anos pra quem quer saber disso eu estou fazendo um dever de casa de educação fisica e tbm nestante vou fazer sobre as dores musculares esse aki é pra fazer um resumo de 20 linhas e tirar 10 questões e respondela e o outro tira 5 e as responde e tbm fazer sobre a independençia do brasil materia historia

    • VITOR ninguem quer seber as suas materias o trabalho meu filho é seu e nao de ninguem kkkkkkkkkk

  13. a e sou 5 serié

  14. ja terminei agora vou fazer sobre as dores musculares e ja terminei ñ por ainda faltão 10 questão sobre oa H.I.V

  15. depois eu volto em eita estou falando de mas kkkkkkkkkkkk xau lelelelelelelelelelele -_-” .l.-_-.l. gente estou brincando vlw

  16. estou fazendo um trabalho escolar sobre DST obg por me ajudarem bjsss

  17. muito legal me ajudou muito obgd!!!

  18. Muito bom…. Me ajudará mt no meu trabalho….

  19. muito bom, graças a isso vou faser o meu debate hj na escola

  20. adooorei , a DEUS tirei nota maxima

  21. ensina bastante coisa

  22. é apesar dessa doêça no mundo nunca poderiamos tirar o sorriso do rosto,porque o único curador do mundo é jesus crito.

  23. so de saber tudo isto eu fico precupada que eu temo os viros

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: